Nicolau Breyner

Nicolau Breyner

posted in: Retratos | 0

 

Retrato de Nicolau Breyner

 

Lembro-me do Nicolau Breyner entrar muitas vezes pela televisão lá de casa, eu era pequena e só havia um canal televisivo, a RTP. E era por ali que ele entrava como ator, como apresentador ou como realizador – que para falar a verdade, na altura eu nem sabia muito bem o que era isso de ser realizador.

 

Quando comecei a crescer e escolher as minhas leituras, descobri que era primo da escritora Sophia de Mello Breyner, a minha escritora preferida. Desde então passei a olhar para o Nicolau Breyner não só como ator, apresentador e realizador, mas sim como “o primo”.

Acho que foi aí que me deu aquele click que as “pessoas famosas” têm família e não são aquelas pessoas inquebráveis que só aparecem na televisão. São filhos de alguém, primos de alguém, pais de alguém, amigos de alguém … e por aí.

 

Quando morreu em Março de 2016, pensei desenhá-lo mas, havia sempre coisas para fazer e nunca foi uma prioridade, confesso.

Até que resolvi mesmo pegar nos lápis e desenhar o Nicolau Breyner. Para além de ator, apresentador e realizador, era filho de alguém, pai de alguém, amigo de alguém e primo da minha querida Sophia de Mello Breyner – aquela que me fez chorar com tantas palavras e rir desbocadamente com tantas outras.

 

Nicolau Breyner2

 

Tenho dedicado muito mais tempo ao desenho, e tenho notado melhorias a cada desenho que faço. Um retrato realista não pode ser acabado em minutos, eu pelo menos não o consigo fazer.  Levo horas a terminar o meu retrato, muitas horas mesmo, mas é o que pretendo, que seja o mais realista possível e não um esboço no papel.

Confesso que no inicio me aborrecia um bocadinho por não ver logo os resultados que queria e perdia a paciência, mas comecei a ver esta técnica de maneira oposta – não quero perder a paciência mas sim ganha-la. E tenho reparado que controlar a paciência é ótimo para a mente :)))

 

Beijos, Carla

 

Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
Instagram

Leave a Reply