Retrato a grafite

posted in: Retratos | 2

Retrato do Daniel a grafite

 

Tenho feito muitos retratos a grafite, acho que só assim conseguirei aperfeiçoar a técnica e ampliar os meus conhecimentos.

Quero mesmo muito continuar a melhorar e a desenvolver esta capacidade.

Tenho percebido que quanto maior e melhor for a qualidade da fotografia, melhor será o resultado do desenho.

Tenho-me lembrado da minha professora de Desenho inúmeras vezes, do que ela me dizia e de técnicas que eu pensava já ter perdido com estes anos que já passaram. Tenho-me lembrado também do meu professor de Geometria Descritiva e de como me arrependo de não ter estado mais atenta naquelas aulas para ser melhor com as perspectivas 🙂

 

 

A verdade é que o meu curso era de Design Têxtil, nunca desenhei rostos nas aulas mas sim bastante natureza morta, e agora que tenho a certeza de que quero que o meu trabalho passe por esta área não vou parar de treinar e treinar e treinar, as vezes que forem necessárias para ficar contente com o retrato que estou a desenhar.

Como é um trabalho elaborado à mão do principio ao fim, isso implica bastantes horas de trabalho. Pessoalmente gosto de trabalhar do inicio ao fim sem parar, mas isso nem sempre é possível e por vezes tenho que fazer intervalos no desenho.

 

 

Desta vez a minha cobaia foi o Daniel, o meu sobrinho cheio de swag, essa coisa moderna que caracteriza os jovens de hoje com um estilo ou uma atitude bué fixe 🙂

Acho que o Dani é a cara do meu irmão, olho para ele e vejo o pai dele estampado no rosto, e acreditem ou não mas até a maneira de rir é igual.

O Dani já me disse que gostou do seu retrato, e é claro que eu fiquei toda contente!

Beijos e bom fim de semana,

Carla

 

Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
Instagram

 

 

2 Responses

Leave a Reply